Vanlife em família (numerosa): a que se assemelha realmente?

Se está a considerar experimentar a vanlife em família, aposto que tem milhões de perguntas! Pelo menos tínhamos antes de começarmos a viajar desta forma! Ainda mais se vocês são jovens pais de bebés e crianças pequenas!

Sabendo que não éramos (e ainda não somos) experientes na arte de acampar (na verdade nunca acampamos!), não tínhamos experiência nenhuma neste tipo de viagens. Nada, zero!

Tivemos de aprender o básico já em movimento e embora ainda não sejamos super experientes, temos duas ou três coisas úteis para partilhar consigo!

Vou ser completamente honesta e muito prática. Prometo! Mas nós adoramos a vanlife, por isso sou naturalmente muito otimista quando falo nesta forma de viajar!

Aqui vou falar principalmente para quem, assim como nós, nunca experimentou a vanlife e está a pensar fazer a primeira viagem já em família!

Se se identifica, seja bem-vinda(o) por aqui! Está no sitio certo!

Uma história rápida sobre nosso início em vanlife como família

Em 2021 tivemos a oportunidade de ficar numa Airstream em Joshua Tree. Essa experiência cativou-nos a todos nós, desde os mais pequeninos aos mais crescidos!

A principal questão para nós prendia-se à nossa capacidade de nos adaptarmos a um espaço tão pequeno tendo em conta que somos uma família grande com 5 pessoas!

Mas posso dizer que passamos no teste de forma brilhante e desde então só queríamos uma coisa: andar a passear na nossa “própria” van e aproveitar a vanlife em familia.

Um ano depois, decidimos fazer uma viagem de uma semana na Noruega e aí apaixonamo-nos definitivamente e tão profundamente pela vanlife que estamos mesmo a pensar seriamente em fazer nossa própria van! Mas isso é uma história para outra altura!

A que se assemelha realmente a vanlife em família?

Durante alguns anos, pensamos várias vezes em fazer uma viagem em van com os nossos miúdos, mas tínhamos muitas dúvidas. Daquelas mesmo sobre aspetos práticos.

Todos sabemos o que esperar de um hotel ou de um apartamento de aluguer turistico. Até o funcionamento de um Parque de Campismo é simples para alguém que, como nós, não tenha o hábito de acampar.

Mas vanlife é uma coisa completamente diferente.

Coisas práticas como “onde vamos à casa de banho?” “Como cozinhamos?” “Onde podemos estacionar e passar a noite?” foram algumas das múltiplas dúvidas que tivemos!

Uma van é mais ou menos um aparthotel com quartos muito pequenos, uma cozinha ainda mais pequena e geralmente sem casa de banho ou chuveiro, certo?

Então, a que se assemelha realmente a vanlife em família (numerosa)? Vou tentar responder às dúvidas principais que tínhamos antes da nossa primeira viagem.

1. Ir à casa de banho

Autocaravanas ou carrinhas grandes estão geralmente equipadas com sanita química e duche de água quente.

Não é de todo o caso das vans mais compactas, que são na verdade as mais comuns e acessíveis e também mais fáceis de conduzir.

Algumas empresas de aluguer oferecem a possibilidade de alugar uma sanita química portátil, mas isso não só nos faz gastar mais dinheiro, mas vai também ocupar muito do espaço precioso dentro da van.

Por estas razões, acabamos por nunca escolher termos sanita química.

Então, como é que fazemos para ir à casa de banho, especialmente com crianças pequenas?

Ao acordar

Se optar por pernoitar num Parque de Campismo, geralmente o acesso às casas de banho é gratuito (incluído no preço do lugar de estacionamento). Esta é a solução mais simples, mas também a mais cara.

Nós preferimos sempre passar a noite na natureza (campismo selvagem). Neste caso, vamos simplesmente à natureza. Existem várias regras de boa conduta a ter em conta que vou explicar num próximo artigo. Mas respeitando essas regras não há problema nenhum.

Se viaja com uma criança pequena, pode ser útil levar um penico. Por ser mais pequeno e mais leve do que uma sanita química pode ser um bom compromisso.

Durante o dia

Quando estamos no meio de natureza, já sabe como fazemos! 😊

Quando estamos em meio urbano, numa vila ou cidade, ir à casa de banho é super fácil. Encontramos sempre um café, um restaurante ou um centro comercial onde podemos aceder às casas de banho. Museus, cinemas e hotéis também são ótimas opções.

Quando viajamos com crianças pequenas, as pessoas tendem a ser bastante compreensivas e a quererem ajudar. Conseguimos sempre encontrar uma solução.

Antes de dormir

Quando ficamos em modo de acampamento selvagem tentamos sempre encontrar uma casa de banho antes de chegarmos ao local e nos prepararmos para pernoitar.

Pode ser um restaurante ou um centro comercial ou simplesmente uma estação de serviço que fiquem de caminho.

Como é sempre preferível chegar ao local de pernoita antes do pôr do sol, não será quase de certeza a última passagem pela casa de banho. Mas acho que para as crianças (pelo menos os nossos miúdos) ainda é mais simples ir a uma casa de banho “a sério”, por isso geralmente fazemos uma paragem para esse efeito.

Sem tempo para ler agora?

Tudo bem! Guarde este artigo no Pinterest para ler mais tarde! !

2. Tomar banho

Vou ser completamente honesta! Quando fazemos de van, aceitamos que não vamos tomar banho todos os dias.

Geralmente passamos a noite num Parque de Campismo uma vez a cada três noites para ter acesso a chuveiros quentes. Nos outros dias fazemos uma higiene mais leve.

Se viajar no verão ou num destino tropical, é possível tomar banho numa fonte de água natural (rio, cascata, lagoa, etc.). Certifique-se só de usar gel de banho e shampoo ecológicos e biodegradáveis.

Às vezes, as vans estão equipadas com um pequeno tanque de água doce e um chuveiro exterior. Infelizmente, isto é raro de encontrar em vans de alufuer para 4 ou 5 pessoas, uma vez que isso ocupa bastante espaço de arrumação. De qualquer forma, não é uma solução muito realista se estiver frio lá fora.

3. Cozinhar

Geralmente, as vans de aluguer estão equipadas com um módulo de cozinha bastante básico. A composição e funcionamento deste módulo podem variar, mas geralmente tem tudo que é preciso para preparar e cozinhar refeições completas.

A não esquecer que dentro de uma van o espaço é limitado. E na maioria das vezes, as vans de aluguer têm o mínimo de equipamento possível. Tudo é funcional e é perfeitamente possível cozinhar para uma família mas não espere uma cozinha completa como a que tem em casa.

Por este motivo, costumamos preparar as primeiras refeições da viagem em casa, se e quando possível. E aproveitamos também a estadia num parque de campismo para preparar algumas refeições numa cozinha completa.

Então, como é cozinhar numa van?

Fogão

Por vezes, o módulo da cozinha é equipado com um pequeno fogão a gás. Mas é também possível que a van traga um fogareiro de campismo. Gostamos bastante desta opção porque nos permite cozinhar ao ar livre.

Independentemente de ser integrado ou portátil, geralmente o fogão funciona a gás, de forma a não consumir energia das baterias da van.

Lava-louça

Nem todas as vans têm lava-louça integrado com água corrente. Apesar desta solução ser sem dúvida a mais conveniente, às vezes as vans vêm só com um lava louça dobrável para campismo.

Frigorifico

As vans também têm um pequeno frigorífico. Pode estar integrado no módulo da cozinha ou ser volume separado. Nenhuma das duas opções permite uma grande capacidade de armazenamento, mas é suficiente para três ou quatro dias para uma família de 5 pessoas como a nossa.

Bancada

O módulo de cozinha vem muitas vezes com uma pequena bancada onde podemos preparar as refeições. Às vezes a bancada de trabalho é formada por uma tábua de cozinha que funciona como tampa do lava-louça para otimizar o espaço.

Também é possível utilizar a mesa de campismo se a van vier com uma ou a mesa de jantar no interior da carrinha se for independente do módulo de cozinha.

Como certamente já percebeu, a ideia principal aqui é que dentro de uma van o espaço é limitado e o segredo é mutualizar algumas áreas para diferentes tarefas. Organização é fundamental.

4. Refeições

Comer ao ar livre, enquanto apreciamos uma bela vista, é uma das principais vantagens da vanlife.

Muitas vans vêm com mesa de campismo e algumas cadeiras e estão equipadas com toldo. Esta solução é perfeita para campismo selvagem ou para pernoita num parque de campismo. Se a meteorologia permitir, claro.

Mas em qualquer outra situação, na Europa, não é permitido instalar este tipo de equipamento fora dos limites do veículo.

Isto significa que se estiver estacionado em qualquer outro sítio (ou se a meteorologia ou o clima não o permitir) deverá comer dentro da van. Então e como funciona o espaço de refeições?

Geralmente a “sala de jantar” é formada no espaço entre os bancos traseiros e dianteiros, instalando a mesa de jantar no espaço livre e girando os bancos dianteiros para que todos fiquem de frente para a mesa.

A mesa de jantar pode ser fixada de um lado pivotando a partir daí. Neste caso geralmente a mesa é independente do módulo cozinha e é possível abrir a mesa enquanto utiliza o fogão.

Ou pode ser uma mesa amovível. Neste caso utiliza-se frequentemente o módulo de cozinha como ancoragem, sendo difícil ou mesmo impossível utilizar a mesa e o fogão ao mesmo tempo.

Este é um ponto a considerar se optar por viajar de van durante o inverno ou durante a época de chuvas uma vez que vai ter a necessidade de comer mais vezes no interior.

5. Dormir

As autocaravanas podem ser equipadas com dois tipos de camas:

Camas fixas

São camas “embutidas” e estruturais. Neste caso a configuração do espaço não muda entre o dia e a noite.

Esta solução é mais simples e prática mas implica muitas vezes um veículo maior. Mesmo assim é difícil encontrar vans para famílias numerosas com camas fixas.  

Camas desdobráveis

Esta solução permite ter facilmente um maior número de lugares para dormir e é muito mais comum em vans de aluguer adequadas para famílias.

Nesta configuração vai encontrar duas camas

– Uma é formada ao deslizar os bancos traseiros para a posição horizontal.

– A outra é formada pela abertura da parte superior da van numa estrutura tipo tenda

A desvantagem de ter camas desdobráveis ​​é que todas as noites é preciso abri-las, alterando toda a configuração da van. E de manhã é preciso arrumar tudo para poder seguir caminho.

6. Encontrar um lugar de pernoita

Quando alugámos uma van pela primeira vez, tivemos muitas dúvidas sobre este ponto. Mas havia duas questões que nos incomodavam bastante.

A primeira pergunta é “onde podemos pernoitar”?

Apercebemo-nos rapidamente que existem várias possibilidades e que no fundo só depende dos nossos objetivos: parques de campismo, estacionamentos (quando é permitido), estadias em quintas ou campismo selvagem são as mais comuns.

O que varia entre eles são na verdade as comodidades ou equipamentos aos quais temos (ou não) acesso e, obviamente, o preço.

Mas, na realidade, a nossa principal questão era como encontrar um local para pernoitar?

Percebemos que hoje em dia temos facilmente acesso a diversas aplicações que resolvem esse problema por nós!

Aplicações como

Oferecem muitas opções, com avaliações de utilizadores, preços e até fotografias dos sitios.

A desvantagem é que todos usam as mesmas aplicações e em época alta é aconselhável encontrar sítio para pernoitar com alguma antecedência e chegar cedo para reservar lugar.

7. Visitar e explorar os arredores

Vanlife é ótimo para aproveitar a natureza e explorar áreas mais selvagens, uma vez que nos dá grande liberdade e autonomia.

Mas para quem não tem muita experiência em acampar, uma viagem mais variada, misturando natureza e visitas a cidades, pode oferecer o equilíbrio certo para iniciar a vanlife e se apaixonar por ela.

Se está a pensar visitar aldeias ou cidades durante a sua viagem tem duas opções:

Deslocar-se de van

e estacionar dentro dos limites da cidade. Dependendo das dimensões da van até pode estacionar em parques de estacionamento interiores.

De certa forma esta solução pode lhe dar mais flexibilidade. Se estiver a viajar com bebés ou crianças pequenas, ou se estiver a chover e for mais difícil entrar e sair de transportes públicos, é normal que prefira conduzir.

Mas pode ser mais caro, demorado e em algumas cidades nem é possível, uma vez que as vans nem sempre são bem-vindas nos centros das cidades (menos ainda em centros históricos).

2. Park & Ride

É o caso de quando estacionamos fora dos limites da cidade e depois apanhamos um autocarro ou comboio de ligação para chegar ao centro.

Esta solução pode ser mais simples, tendo em conta que os estacionamentos park and ride costumam ser adequados a vans e outras carrinhas.

Também pode ser mais barato dependendo do número e da idade dos miúdos. Para uma família numerosa como a nossa nem sempre é vantajoso, mas vale a pena verificar.

Isso também funciona se ficar várias noites num parque de campismo não muito longe da cidade que deseja visitar.

Nesse caso pode ser mais fácil simplesmente deixar a van ai e apanhar um transporte público ou mesmo um táxi até ao destino.

Ambas as soluções têm prós e contras. Mais uma vez, a verdadeira beleza da vanlife é a flexibilidade que ela nos permite. Cada dia pode ser diferente e podemos escolher a solução que melhor nos corresponde a cada etapa da viagem.

Ainda tem alguma dúvida?

Espero ter respondido às perguntas que surgem de forma mais frequente quando consideramos a vanlife em família. Pelo menos estas foram as perguntas que nos fizeram pensar mais ao considerar uma viagem em van com os nossos três miúdos.

Se ainda não esta convencido talvez seja interessante ler este artigo onde falo das vantagens de viajar em van para famílias.

Espero partilhar em breve um artigo de blog sobre como preparar a primeira viagem em van com crianças. Fique atento!

Entretanto, deixe-me aqui nos comentários qualquer dúvida que tenha sobre a vanlife em família ou o que gostaria de saber sobre a preparação para viagens em van.

Safe travels!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Ultimo Artigo
Close

THE WANDERERS TRIBE

por Le Voyage de Zoé. Uma familia de 5 a explorar o mundo !

Le Voyage de Zoe
© Copyright 2024. All rights reserved.
Close